Shake the Press

“The Message from the Lungs”

Actualmente, existem cada vez mais campanhas anti-tabaco, em resposta a campanhas de marketing da indústria do tabaco. Estas campanhas mostram doenças causadas pelo tabagismo e têm o propósito de assustar e chocar, gerando medo e tristeza.

As campanhas anti-tabaco são também conhecidas pela sua criatividade, procuram chamar a atenção, não deixando as pessoas indiferentes, e acredito que ninguém é alheio às suas mensagens.

A última campanha que saiu deixou-me boquiaberta, tamanha a sua  criatividade e seriedade. Teve um impacto gigantesco em mim. É daquelas coisas que acho que não passa na cabeça de ninguém que seria possível.

A BBDO Proximity Tailândia em parceria com a faculdade de medicina da Universidade de Chulalongkorn, produziu uma tinta preta usando como base substâncias retiradas de pulmões de pacientes mortos devido a problemas respiratórios causados pelo uso do tabaco.

Os potes da tinta foram dispostos em lugares públicos causando grande impacto nas pessoas. Após a campanha, o número de participantes do programa de combate ao tabagismo aumentou em 500% comparado ao ano anterior. Isto é que é impacto!

Quanto a vocês não sei, mas tenho para mim que esta campanha vai ter o poder de mudar muitas mentalidades e comportamentos, evitando que as pessoas destruam a própria saúde e de quem as rodeia.

“The Message from the Lungs” é o nome da campanha que foi desenvolvida para o Thai Health Promotion Foundation, vejam o vídeo, revejam, pensem e partilhem!

~ Um chá e uma Campanha ~

Anúncios
Standard

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s