Chá das 3

Travel Post #3 ~ Barcelona!

De um jantar de amigas lá em casa, saiu uma viagem marcada, o destino escolhido: Barcelona.

Nunca lá tinha estado, mas como apreciadora de belas-artes, sua história e cultura, Barcelona já tinha um lugar no meu coração e agora o que vi-a assumia outra dimensão (literalmente) e ausentava-me de qualquer adjectivo, qualquer verbo, qualquer palavra.

Era a primeira vez que viajávamos as três juntas, mas certas de que seriam quatro dias muito intensos, bem aproveitados e que saberiam a pouco, muito pouco. E claro, a vontade regressar seria já uma decisão tomada. Barcelona é extremamente rica, extremamente bonita e extremamente apaixonante. Eu sabia que ia gostar, pela simpatia, pela cultura, pelo estilo de vida que outrora Madrid já me mostrara e conquistara. Mas Barcelona é verdadeiramente encantadora…nesta viagem o único conselho fazia questão de levar à letra era “Perde-te!” dizia-me a Mafalda. E assim foi…

Chegamos de madrugada, mas o sono não chegara tão cedo. Fomos pelas ruas, conhecer um pouco do que seriam os próximos dias e que a curto, curto prazo pareceu muito bem. Mal chegávamos às Las Ramblas e já “hablabamos español”, conversavamos com grupo de amigos que conheciam muito bem a cidade e que logo nos indicaram o que não perder por ali.

Ao outro dia, o sol fazia brilhar o que de mais belo tem esta cidade, entre edifícios e ruas, entre tapas e refrescos, Barcelona respira arte. Nela tudo é arte até nos sorrisos desenhados nos rostos das pessoas…aquela amabilidade das pessoas é singular!

E os candeeiros de rua, aqueles clássicos ornamentados que por outras cidades já se perdera (if you know what I mean), são também protagonistas desta cidade de ruas largas. E foi precisamente nas ruas que me apercebi de um pequeno pormenor, mas por si só de grande importância: Organização e respeito. Não estamos em Amsterdam, mas bicicletas aqui também não faltam, e por isso, seja a pé ou de bicicleta, de mota ou de carro, todos se respeitam, e nota-se uma preocupação saudável por todos que nela circulam ou passeiam. Talvez pela alma catalã, talvez pelo simples lado humano, pelo lado do coração, seja o que for esta harmonia é de louvar.

Quatro dias, noventa e seis horas e uma cidade inteira para descobrir…

Lá ao fundo o Arc De Triomf a deixa perfeita para o inicio da nossa descoberta. Las Ramblas, conheci à noite, mas não existe diferença entre o dia e a noite, a rua enche-se de pessoas e de vida. Na Sagrada Família deparei-me com uma obra imensa que, ainda inacabada, já nos torna pequenos. La Pedrera, um lugar que queria muito visitar e que é uma obra excepcional em cada detalhe, todo tem um propósito e revela mais uma vez a obra de Antoni Gaudí, muito para além de uma vista sobre a cidade. Estamos em pleno Passeig de Gracia, descemos até à Casa Batlló e à Casa Amantller, cheia de cor e formas assinala o modernismo na arquitectura catalã. Está na hora do lanche, chegamos à La Bouqueria o que consegue ser perfeito. O Mercado de Sant Josep de la Boqueria é para mim dos lugares mais preciosos e saborosos da cidade, tapas, muita fruta e refrescos mil, provavelmente dos melhores refrescos de fruta de sempre. Do outro lado da rua, encontramos um pequeno oásis na cidade, a Plaça Real e aqui, em pleno Bairro Gótico e Born, decidimos perdermo-nos, as ruas são lindas, lindas. A noite chega e convida a umas tapas e umas cañas, por supuesto!

E nisto o primeiro dia havia já passado, seguiu-se a Torre Agbar, onde no caminho encontramos La Monumental uma conhecida praça de touros, o Teatro Nacional da Catalunya e o Mercat del Encants, interessante pela arquitectura do espaço, mas também pelo tipo de comércio, aqui encontramos um pouco de tudo. Como designers que somos não poderia faltar o Museu del Disseny Barcelona e daqui fomos até Mont Juic, um autêntico miradouro sobre a cidade…e aqui ficamos até à noite para assistirmos ao jogo de água e cores na Font Màgica de Montjuïc, um belo espectáculo ao ar livre e lá ao fundo a bonita Plaça de Espanya. E por fim, umas tapas e um bom vinho com os amigos que havíamos conhecido, e como é sexta-feira a noite estendeu-se até ao nascer do sol…A despedida desta magnífica cidade estava cada vez mais próxima, mas ainda houve tempo para um mergulho em Barceloneta e uma paella enquanto assistíamos ao jogo da equipa da casa, na final da UEFA Champions League que fez com que o nosso adeus fosse de festa em plena Plaça de Catalunya – Baaaarça!!!

Muito vimos e muito ficou por ver, fica a promessa de voltarmos em breve, porque Barcelona Inspira!

bcn

~ un té y respira, ya se pasa

Anúncios
Standard

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s