Chá do Manifesto

Inesquecíveis cantinhos do coração

Num ápice tudo muda. A forma de olhar o mundo e a sensibilidade que se alcança numa experiência única. Há momentos que não se explicam, apenas se sentem. Torna-se bastante difícil descrever o quanto aquela semana me preencheu a alma. O quanto é bonito ver aqueles sorrisos, as almas preenchidas com aquilo que nem nós imaginaríamos. Todos tinham o olhar recheado de algo especial que nem sequer tinham reparado. A vida não lhes permitiu. Mas ali, durante aquela semana, alguém se preocupava com eles. Sim, falo de jovens que têm a vida inteira pela frente, mas que não tiveram a sorte de viver numa família estruturada, como a maioria de nós. A instituição é o seu lar e a esperança de um futuro melhor.

O campo de férias começou de forma difícil: todos testavam os nossos limites. Eram mais de trinta. Já não eram crianças: eram homens e mulheres a crescerem a cada dia. Nós, como monitores, tínhamos de ser persistentes e lutar, todos os dias, para atingir aqueles sorrisos. Um simples sorriso que para nós seria tudo.

Brincadeiras, animação, momentos de pressão, mas com trabalho de equipa chegámos ao fim concretizados, como sempre. Tivemos de ser fortes para continuar, com o mesmo objetivo cravado no coração: aqueles jovens iriam ter momentos felizes que nunca mais se iriam esquecer. Parece algo muito simples, não é? Mas para eles foi tudo. A forma como entraram no campo e como saíram dele. Estavam vivos e felizes. Alguém se tinha dedicado a eles. Alguém acreditou e não desistiu. É este sentimento que lhes pretendíamos transmitir. No fim, após noites mal dormidas e dias em atividade constante, sabíamos que seriamos mais felizes depois daquela semana, que pareceu ser uma vida inteira. Seríamos pessoas mais preenchidas com aqueles sorrisos, por não desistirmos de quem também não desistiu de nós.

Queriam recordações nossas. Demos pulseiras e trouxemos umas quantas. Objetos que simbolizam o mundo. Sempre que olho agora para o meu pulso sinto o coração cheio, por ter feito bons amigos, acima de tudo. Estes jovens são muito especiais. O problema é que são, na maioria das vezes, rejeitados pela sociedade. Usam uma postura defensiva, porque não permitem que ninguém lhes entre na alma. Usam uma máscara. No fim, eles são possuidores de uma sensibilidade enorme e de um espírito de sacrifício que nem eles calculam. Soubessem a força que têm e o mundo seria deles. Precisam de alguém que os compreenda, que converse com eles, que brinque e alinhe no seu sentido de humor. São jovens em busca de um sentido de vida. Em busca daquilo que todos queremos: felicidade.

Mais do que dar, foram os sorrisos, as lágrimas, os momentos difíceis e de alegria que levaríamos agarrados a nós em cada cantinho da nossa existência. Se me vou esquecer algum dia daqueles sorrisos e daquelas lágrimas? Não, ficou para sempre no coração, na memória, em cada pedaço de mim. Quando se despediram, por entre lágrimas, sorriram e disseram “Obrigada”! Num misto de introspecção, depois de tamanha experiência, não há nada mais grato do que esta memória inesquecível: um simples “obrigada” e um abraço apertado. Seriamos mais felizes todos os dias a partir dali. Se tivesse sido fácil não teria valido a pena.Venha quem vier, aconteça o que acontecer, nunca ninguém irá conseguir compreender o que se sente em tamanha experiência. O quanto o coração vibra por um jovem sorrir. Como as cores ficam mais bonitas. Como todos os problemas se tornam mais pequeninos. Como simples dias transformam a nossa maneira de ser para sempre.

Citando Fernando Pessoa “o valor das coisas não está no tempo que elas duram, mas na intensidade com que acontecem. Por isso existem momentos inesquecíveis, coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis”. Não há frase mais certa e bonita. É o que sinto quando olho para trás e não há nada mais genuíno do que aquilo que guardo num dos cantinhos mais especiais do coração: Obrigada por me terem ensinado tanto!

CAMPO

~Um chá de recordação~

Anúncios
Standard

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s