Chá do Manifesto

“O amor que recebes é equivalente ao amor que dás”

Foi este o mote da marca Adidas para assinalar o Dia dos Namorados, celebrado no passado domingo, dia 14 de Fevereiro.

adidas

A acompanhar a frase, a marca especializada em artigos desportivos, publicou esta imagem no seu perfil de Instagram, que homenageia o amor entre homossexuais, celebrando o dia dedicado ao amor.

A imagem já conta com mais de 220 mil gostos e mais de 120 mil comentários, alguns bastante negativos com conotação homofóbica. Um deles escrevia o seguinte: “Que vergonha Adidas, vou passar a ir à Nike”.

A resposta da equipa responsável pelas redes sociais da marca, foi a meu ver, excelente. Deixou clara a posição da empresa em relação ao assunto, usando um emoji de um adeus e de um beijo, ficando a simbologia de um “adeus e cumprimentos”.

Um outro utilizador escreveu que este seria um dia para “rapaz e rapariga”, a resposta da Adidas foi: “Não, este é um dia para o amor. Feliz Dia dos Namoradas”.

naom_56c1fbe1c0105

Adidas – 2

Utilizadores com comentários homofóbicos ou simplesmente parvos – 0

Afinal  de contas, a mente aberta do ser humano parece que vai pelo cano nestas situações.

Mas, esta infeliz realidade, também se fez sentir em Portugal neste Dia dos Namorados.

A TAP organizou um concurso para casais e premiou um casal de lésbicas. Foi logo um alarido nas redes sociais. Alvo de comentários depreciativos, a TAP respondeu de forma sucinta e clara: “A TAP cumpre a Constituição e a Lei portuguesas e não faz discriminação em função da orientação sexual”.

Ora, depois de ver muitos comentários, eu percebi que o que faz confusão a muita gente é a palavra “Casal”, porque é uma palavra que se aplica apenas e só a um homem e a uma mulher. Sim, realmente é um dos significados da palavra, mas será só esse?

Vejamos…

ca·sal

(latim casalis, -e, relativo à quinta, à casa)

substantivo masculino

1. Par formado por macho e fêmea.

2. Par formado pelos cônjuges.

3. Conjunto de duas pessoas que têm uma relação sentimental e/ou sexual.

4. Propriedade rústica menos importante que a quinta.

5. Pequena povoação. = LUGAREJO

6. Conjunto formado por duas coisas iguais ou semelhantes. = PAR

FonteDicionário Priberam da Língua Portuguesa, 2008-2013

Certo? Não fui eu que disse, ou a TAP, ou a Adidas, é o dicionário.

O Dia dos Namorados pertence a todos, vamos dizer NÃO ao preconceito de uma vez por todas sim? Toda a gente tem o direito de gostar ou não do que for, mas se querem criticar ao menos façam-no de forma correcta, sabendo do que falam e sem julgar ou maltratar ninguém.

~ Um chá com muito Amor e raspinhas de Sorrisos ~

Anúncios
Standard

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s