Shake the Press

Super Bowl e o “Muro de Trump”

Já se tornou um hábito, aqui no blog, falarmos sobre o Super Bowl, e sabem que mais? Adoro!!!

Nesta quinquagésima primeira edição do Super Bowl, a festa foi dos Patriots, mas o intervalo foi marcado pelas críticas a Trump.

A actuação de Lady Gaga no intervalo do Super Bowl foi qualquer coisa! Não teve as declarações políticas abertas que algumas pessoas esperavam, mas sim uma mensagem sobre a inclusão.

Lady Gaga iniciou a sua actuação no topo do Estádio NRG de Houston com “God Bless America” antes de fazer a transição para “This Land Is Your Land”. E, antes de saltar do telhado, concluiu com uma citação emotiva da “Pledge of Allegiance” (expressão de lealdade à bandeira e aos Estados Unidos da América): “One Nation under God, indivisible, with liberty and justice for all”(‘Uma Nação sob Deus, indivisível, com liberdade e justiça para todos”), dando bastante ênfase na parte de “para todos”.

Mas, este não foi o único momento de crítica a Trump. Os tão esperados anúncios publicitários do intervalo do Super Bowl estiveram bem recheados de crítica.

Foram várias as marcas, que apresentaram no passado domingo as suas posições políticas através das respectivas publicidades na Super Bowl, com a politica de imigração de Donald Trump a ser o tema recorrente.

A mensagem da Airbnb foi considerada uma das mais fortes, ao reagir ao decreto assinado há mais de uma semana pelo Presidente americano, que proíbe temporariamente a entrada no país de cidadãos de sete países de maioria muçulmana.

 A publicidade da marca de materiais de construção 84 Lumber, gerou alguma confusão e a Fox não permitiu que fosse passada na integra, portanto, o que foi passado na Super Bowl conta apenas a primeira parte da história:

1ª Parte:

Versão Integral:

A marca de cerveja norte-americana Budweiser consagrou o seu espaço publicitário durante a Super Bowl à evocação de um dos seus fundadores, Adolphus Busch, e o seu percurso de imigrante alemão nos Estados Unidos.

Foram mais de 50 marcas que quiseram garantir a sua presença no confronto entre os Atlanta Falcons e os New England Patriots, apresentando as suas campanhas publicitárias a milhões de pessoas.

Vejam alguns dos anúncios deste Super Bowl:

Audi

Ford

Snickers

Skittles

Tide

Mercedes-AMG GT Roadster

Este ano o Super Bowl foi recheado de surpresas a nível desportivo, já que os New England Patriots venceram sensacionalmente a 51.ª edição do Super Bowl, ao baterem os Atlanta Falcons por 34-28, após o primeiro prolongamento de sempre e depois de estarem a perder por 25 pontos, em Houston.

Mas, a nível publicitário, as surpresas também não ficaram atrás. O investimento em publicidade na final do futebol americano (em 2016 foi vista por 111,9 milhões de telespectadores) é de tal forma elevado que a polémica e a política ficam normalmente de fora dos anúncios. Mas, no domingo, claramente várias marcas mudaram de atitude.

É por isto que adoro o Super Bowl, e este ano foi só sensacional!!!

~ Shake the sport, shake the advertising world ~

Anúncios
Standard

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s