COOLTURE

Os Festivais de Verão estão a chegar!

Música, sol, mar, natureza e festa é a combinação perfeita para os dias quentes deste verão.

O número está longe de estar encerrado, mas prepara-te para as noites com os amigos, a poeira levantada e os litros de cerveja… são 827 concertos que podes escolher!

ng2034251

Já pensaste a que festivais de verão queres ir este ano?

A headshake diz-te quais é que não podes faltar :)

Junho

  • NOS Primavera Sound – 4 a 6 de Junho no Porto
  • MED – 25 a 27 de Junho em Loulé

Julho

  • NOS ALIVE – 9 a 11 de Julho em Algés
  • Sumol Summer Fest – 2 a 4 de Julho na Ericeira 
  • Super Bock Super Rock – 16 a 18 de Julho no Parque das Nações
  • MEO Marés Vivas – 16 a 18 de Julho em Vila Nova de Gaia
  • Milhões de Festa – 23 a 26 de Julho em Barcelos
  • EDP Cool Jazz – 19, 23, 28, 29 , 30 e 31 de Julho em Oeiras
  • FMM sines – 17 a 25 de Julho em Sines

Agosto

  • MEO Sudoeste – 5 a 9 de Agosto na Zambujeira do Mar
  • Bons Sons – 13 a 16 de Agosto em Cem Soldos, Tomar
  • O Sol da Caparica – 13 a 16 de Agosto na Costa da Caparica
  • Vodafone Paredes de Coura – 19 a 22 de Agosto em Paredes de Coura
  • Crato – 26 a 29 de Agosto no Crato

Setembro

  • LISB-ON – 5 e 6 de Setembro em Lisboa
  • Caixa Alfama – 18 e 19 de Setembro em Lisboa

pitchfork-music-festival-chicago-IL_13034722758633

~ shaking the festivals ~

Standard
WHAT'S UP

Novos Tipos de Turismo

Estão a surgir novos conceitos de Turismo influenciados por diversos factores sócio-culturais e económicos. A crise financeira global tem um impacto em diversas áreas e o Turismo não é excepção, forçando cada vez o turista a adaptar-se a novas formas de viajar para conhecer o Mundo.

O site Hotéis.com reuniu mais algumas novas definições actuais e apresenta a segunda edição do novo vocabulário da moderna indústria hoteleira.

O headshake quis saber mais e conta-vos tudo!

Flashpacking: os flashpackers combinam viagens de baixo custo com alojamento e atividades, procurando uma alimentação de melhor qualidade. Outra característica é a constante utilização de tecnologia, ferramentas essencias para as suas viagens.

Staycatian: o turista gasta o menos dinheiro possível e conhece em profundo a cidade/região. Inclui estadias curtas que permitam visitar exposições, assistir a espectáculos ou simplesmente descobrir a arquitectura da cidade, que hoje em dia devido aos loucos dias de stress em que vivemos, normalmente passam despercebidos.

Nano Breaks: Estas viagens são de curta duração e tem como objetivo conhecer o destino de uma forma rápida e económica. Assim os viajantes conseguem fugir ao stress do dia-a-dia.

Rough-Luxe: Este tipo de turismo está inteiramente ligado ao luxo, não de bens, mas sim de conhecimentos, de enriquecimento pessoal. Com o objetivo de relaxar, o turista deste conceito pretende usufruir do luxo, a que tem direito, para refletir e para se relacionar com as pessoas do destino.

Greeky Traveler: Se és apaixonado pelas tecnologias, gadgets e a constante ligação à internet então este é o teu tipo de turismo!

O theWit A Doubletree Hotel (Chicago) é um dos locais que se encaixa nestes requisitos pois, por exemplo, todos os quartos têm telefone NEC VoIP com um ecrã LCD.

Mas a vantagem deste aparelho não se fica por aqui, uma vez que também apresenta informação sobre voos, aluguer de automóveis, chamadas de despertar e TV HD com browser para acesso completo à Internet, com todos os serviços que ela possibilita. 

~ shaking the tourism ~

Fonte: Hóteis.com

Standard
COOLTURE

Talkfest’15

A quarta edição do Talkfest realizou-se nos dias 4, 5 e 6 de Março no ISEG (Instituto Superior de Economia e Gestão). O Talkfest é um evento onde durante três dias é discutido o futuro dos festivais de música em Portugal, num ambiente de networking entre profissionais da área, estudantes e curiosos da indústria… e o headshake esteve lá e conta-vos tudo!

10806384_726452110756982_8581602038756724775_n

O evento este ano contou com conferências, seminários, apresentações profissionais, documentários, prémios e concertos!

Os seminários assumiram este ano um maior protagonismo com vista à fortificação de competências e conhecimentos, onde foram discutidos temas como a eficiência energética e a sua importância em eventos da indústria da música pela EE Music (Energy Efficiency Music Culture) e a importância da estratégia digital para os festivais e para os músicos pela EDIT

11030857_778355422233317_2993850950164067355_n

O evento contou ainda com uma apresentação da APORFEST – Associação Portuguesa dos Festivais de Música que pretende ser uma organização representativa da área dos festivais de música em Portugal e internacionalmente. A APORFEST entregou no evento os prémios de entidade e personalidade do ano 2014 aos vencedores. O prémio pretende destacar as personalidades e as entidades que mais contribuíram positivamente para o progresso de um projeto ou ideia no ano de 2014. Os vencedores são:

  • Entidade: Marca Nós pelo seu apoio à música – patrocínios em festivais, activação de marca e label de artistas emergentes (Nós Discos).

  • Personalidade: Carlos Seixas (Diretor Criativo do Festival Músicas do Mundo Sines) pela continuidade e excelência na procura e selecção de artistas para o cartaz do FMM.

~ shaking the festivals ~

Standard