GOING-NATURAL

Co-living: partilhar casa em tempos de pandemia

Estamos quase há um ano a viver provavelmente o maior desafio de todas as nossas vidas. Muito já se falou da pandemia, os efeitos nefastos que causou e que trará ainda no futuro. Já se falou das consequências da pandemia nas relações humanas e sociais, na educação, no trabalho, na saúde, mas acho que há um ponto que ainda não foi discutido. 

Falar em pandemia é falar em confinamento, e isto acarreta um desafio enorme e consigo imaginar vários cenários, mas há um que me é mais próximo e que pouco se tem falado: como é que é o confinamento quando vivemos numa casa partilhada?

partilhar casa é dividir tudo, rotinas, horários, feitíos… e há dias em que não nos apetece falar com ninguém

Este é um cenário comum e que se expande não só aos mais jovens que saíram agora da asa dos pais, como também àqueles cuja a renda por um T1 é inacessível (ainda que de olho nele), e portanto, arrendar um quarto acaba por ser a opção mais aceitável. Partilhar casa é sempre desafiante, embora cada um na sua vida, acabamos sempre por conhecemos pessoas novas, muitas delas de diferentes países, com diferentes experiências, e o intercâmbio cultural acaba por ter lugar mesmo dentro do nosso lar. Visto desta perspectiva, acaba por ser entusiasmante aquela que pode ser a vivência numa casa partilhada. Por outro lado, sabemos que não vivemos sozinhos, e partilhar casa é dividir tudo, rotinas, horários, feitíos… e há dias em que não nos apetece falar com ninguém, ou em que queremos estar sossegados, tranquilos, momentos em que queremos silêncio e outros em que queremos mais privacidade. E este é o reverso da moeda, é preciso saber lidar com o desafio e encontrar o equilíbrio. 

Por quanto tempo é que achamos que a nossa zona de conforto é realmente confortável?

Mas o desafio é muito maior quando estamos em situações atípicas como esta pandemia que vivemos. Todos falam em estar em casa, e que é dificil, ora porque não temos com quem socializar ora porque estamos sozinhos. E até aqui tudo bem, é humanamente compreensível e complexo. Mas e quem está confinada numa casa partilhada? Sim, coloquemo-nos por um instante no lugar de quem partilha casa com pessoas, que não são nem familiares, nem namoradx, nem amigos? Se por um lado, não estamos sozinhos, a realidade é que também não estamos com ninguém do nosso círculo mais próximo. E se quisermos ter aquele momento mais chill, (um exemplo básico, porque não quero pensar nem cenários piores, como ficar doente no meio de uma pandemia) ver um filme no sofá sozinha, tranquila, na minha… parece algo tão simples, mas numa casa partilhada não. Primeiro, porque a tranquilidade será sempre questionável, segundo, “sozinho” não existe porque estamos numa casa partilhada, logo a sala de estar é um espaço comum, e dado as circunstâncias pandémicas,  todos são “obrigados” a estar em casa. Então, decidimos abdicar do sofá, e passamos o tempo no quarto, sempre é o nosso espaço, onde não seremos incomodados. Mas será que aguentamos estar horas e horas, dias dentro do quarto? Por quanto tempo é que achamos que a nossa zona de conforto é realmente confortável? É aqui que colocamos na balança “ter alguma paz e, cingimo-nos ao nosso quarto” ou “ser obrigada a conviver com alguém (que não nos apetece) para não ficar o tempo todo quarto”. Não sei qual seria a vossa escolha, mas mesmo uma pessoa sociável que nem eu, prefere (sobre)viver dentro de um quarto, que ter de “fazer sala com alguém” só para passar algum tempo no sofá! 

Já partilho casa há alguns anos, já conheci muitas pessoas, umas super queridas, outras super aborrecidas, uns dias mais fáceis que outros, mas isso é comum a qualquer um de nós, estando ou não a partilhar casa. Mas de uma coisa estou certa, nunca pensei passar tanto tempo em casa (e eu gosto de estar em casa), menos ainda, entre quatro paredes. Acredito que a minha experiência não seja regra (seria até deprimente se fosse), também imagino que se fosse há uns anos atrás, talvez reagisse diferente e fosse algo mais dinâmico. Felizmente, sou bem disposta e tento ter uma postura positiva em tudo na minha vida, mas este desafio não está sendo superado por isso, mas sim, por me conhecer bem, por saber os meus limites e a minha capacidade de resistência perante as adversidades e partidas da vida. E esta é maior de todas!

a “geração das duas crises”, o que mostra que metade da sua vida foi em crise económica

A crise económica de à 10 anos intitulou muitos jovens de “geração à rasca” e partilhar casa mostrou-se ser única alternativa para quem queria construir a sua independência face instabilidade económica, profissional. A economia mostrou resultados mais animadores, o turismo mostrou ser uma aposta ganha, mas isso também inflacionou mais as rendas de habitação, situação que só teve um decréscimo agora, perante tamanho problema como uma pandemia. Infelizmente, acredito que os mesmos jovens terão em breve o seu título renovado, com a “geração das duas crises”, o que mostra que metade da sua vida foi em crise económica, o que é muito triste. Por muito que eu queira ser positiva, e acreditar que a retoma económica possa ser uma lufada de ar fresco, as consequências da pandemia serão profundas para estes jovens. Sejamos fortes!

Standard
GOING-NATURAL

Sofisticação e elegância na nova coleção ONE

ONE é uma marca que me diz muito. Para além de ser portuguesa, é ainda uma marca que apresenta produtos sofisticados, elegantes e com muita classe. Prova disso é que em apenas 6 anos, a ONE conquistou e apaixonou os portugueses, sendo uma das marcas mais vendidas no nosso fantástico país. A qualidade dos materiais, a relação qualidade/preço, a atenção dos detalhes e um design atual e único fazem da ONE um símbolo de moda e classe.

Cada relógio ONE é concebido a pensar nas mulheres e nos homens que gostam de se sentirem bem em qualquer momento, que se preocupam com a sua imagem e que procuram a qualidade aliada ao conceito estético. Por isso, os relógios ONE são especiais, versáteis e muito fashions. A nova coleção ONE Mesh não é exceção à regra e deixa qualquer um de “queixo caído”. Só vos podemos dizer que o difícil é escolher um preferido. 

A nova coleção Mesh da ONE é direcionada a mulher urbanas que planeiam a sua vida com estilo e glamour. É para mulher ativas, citadinas e cosmopolitas que assumem vários papéis na sociedade e que não gostam de perder tempo. É para mulheres que contam os minutos para um final de dia que as satisfaça.

A nova coleção Mesh, que em inglês significa malha, apresenta peças que ajudam as mulheres a organizar o seu dia com estilo e sempre um passo à frente das novas tendências, onde a malha milanesa é a grande tendência e onde a cor rose demarca a estação Outono/Inverno. Além da malha Milanese, esta nova gama contem ainda um toque mais sofisticado com a introdução de cristais no bezel dos seus modelos intitulados Lush. O tempo para a mulher ONE é imprescindível, pois cada vez mais esta precisa de gerir o seu dia a dia da melhor forma possível. E sem dúvida que o relógio é uma peça fundamental. Mas não pode ser um relógio qualquer…tem de ser ONE ;)

ONE  004     ONE  006

O headshake teve oportunidade de estar presente no evento de apresentação da nova coleção que contou com a presença de Ana Rita Clara como anfitriã do mesmo. Ana Rita é realmente uma ótima escolha, sendo a personificação perfeita desta mulher ativa, cosmopolita e glamourosa que precisa de contar todos os minutos. A dois dias de regressar ao trabalho depois de ser mãe, Ana Rita confessa que o relógio passou a ser um acessório indispensável para si, nesta fase da sua vida.

_dsc1503

_dsc1743

_dsc1836

~ desta vez, bebemos um chá às 17h, em ponto, com a ajuda de ONE.

Standard
GOING-NATURAL

ORUS: Fixem este nome

Orus, é o nome que devem registar, pois temos a certeza que ainda vai dar muito que falar.

A Orus Clothing não é apenas uma marca portuguesa de vestuário para jovens, é também uma ideia de dois jovens empreendedores com o objectivo de se tornar uma referência no mundo da moda jovem.

É uma marca recente, criada em Fevereiro de 2016, mas que já soma pontos e apresentando-nos uma nova tendência no vestuário feminino e masculino. A grande diferenciação da Orus é o processo de produção dos seus produtos. A marca assenta os seus valores no respeito pela natureza e pelo meio ambiente, principal foco da marca e que, orgulhosamente, se afirma como uma marca “Eco-friendly”, que oferece produtos de qualidade a preços acessíveis.

O Heashake é amante da natureza, dos animais, mas principalmente, do respeito pelos que habitam neste planeta, por isso, aplaudimos esta marca por assentar a sua essência num dos pontos mais sensíveis da nossa existência: O nosso planeta.

2016-08-30-10-28-43-1  2016-08-30-10-28-38-1

  dfsdf

Neste momento, a Orus aposta na comercialização dos seus produtos online,através do seu site. Portugal e Espanha são os maiores mercados, no entanto, a Bélgica, Ingraterra e Itália estão na mira da Orus.

Desde a sua recente existência já conquistaram parcerias de peso como os Cafés Torrié e a Licor Beirão.Uma das fortes formas de promoção da marca é através do vasto leque de embaixadores. Entre actores portugueses e jogadores de futebol, todos se renderam à Orus.

francisco-geraldes   miguel-silva

Outro ponto bastante relevante é a “pinta” e boa-onda do vestuário. A Orus consegue aliar os seus métodos e materiais eco-friendly a modelos descontraídos e com boa vibe.

Não somos especialistas em moda, mas podemos dizer que gostamos e aprovamos!! :)

Fiquem atentos, pois em breve teremos novidades…

c9690f05-aaae-4262-9e33-f81b84041487

http://www.orusclothing.comhttp://www.facebook.com/orusclothinghttp://www.instagram.com/orus_clothing

~ A Orus é uma marca portuguesa com certeza, e fica bem! ~

Standard
GOING-NATURAL

“A beleza real toca no coração”

Beleza…falamos tanto dela, usamos tanto esta palavra para tantas coisas mas, afinal, o que é que ela realmente significa? 

be·le·za |ê| 

substantivo feminino

1. Perfeição agradável à vista e que cativa o espírito. 

2. Pessoa formosa.

Mais importante ainda é: O que é a beleza para nós? 

A Dove mostra-nos, mais uma vez, na sua nova campanha a verdadeira essência da beleza! 

Na sua mais nova campanha, a Dove mede batimentos cardíacos de homens quando falam de mulheres. O resultado? A meu ver foi fantástico, assim a roçar o muito fofinho. 

“A beleza real toca no coração” é a conclusão desta campanha que num vídeo analisa as diferenças entre os batimentos do coração de homens quando surgem fotos de mulheres modelos, mas que não conhecem, e de mulheres que fazem parte das suas vidas.

A Dove conseguiu perceber que o corpo humano reage de forma mais intensa à “beleza real”. Quando a filha, a irmã, a avó ou a esposa ocupam o ecrã, os batimentos ultrapassam facilmente a barreira dos 100. 

Mas a Dove não ficou só porque aqui, ver fotos e medir batimentos cardíacos é canja. A marca pediu aos homens participantes na campanha que descrevessem a beleza feminina que passava no ecrã. Não vou ser mais spoiler vejam o video que vale muito a pena!

Fui só eu que tive a reacção “ooooooh tão fofinhoooo”? Não me parece! 

Já não é a primeira vez que escrevo sobre uma campanha da Dove e, certamente, não será a última, faz campanhas tão simples que tocam no meu coraçãozinho mole. Adoro!

~ Um chá e um elogio ~

 

 

Standard
GOING-NATURAL

O Outono chegou e vestiu-se Natura

O sol quente continua, mas o verão já lá vai, os dias são mais curtos, as cores vivas dão lugar aos tons castanhos,  já é Outono e chega também às vitrines das lojas Natura, com a colecção Outono/Inverno 2016/2017.

A celebrar 20 anos em Portugal, a Natura Portugal reuniu diferentes bloggers e várias caras conhecidas da televisão, no passado dia 22 de Setembro, na sua loja no Centro Comercial Colombo, em Lisboa, para dar as boas-vindas ao Outono e apresentar a nova colecção da marca para esta estação.

natura_fw16_0400

dsc_7273

Entre franjas, brocados e estampas, está é uma colecção única e inspiradora, repleto de raízes que atravessam diferentes culturas e etnias e nos vestem numa longa viagem: os xailes, o veludo e a bijuteria levam-nos ao Gipsy, às suas cores e aos seus acessórios; as peças mais delicadas e mais femininas levam-nos até ao outro lado do mundo, ao Oriente de flores de cerejeira, de tecidos acetinados e suaves; e as peças mais quentinhas, de malha, entre casacos, botas e botins leva-nos ao rústico, ao campestre (estão a ver a América Latina, aquelas cores mil, aqueles padrões que nos enchem os olhos, é isso). Uma colecção que se veste de inspirações Gipsy, o Oriental e Artisan.

Uma nova campanha, um novo conceito que sublinha o mote “Ser Única é Ser Natura”. Desta feita, Joana Freitas foi o rosto escolhido, representando, deslumbrantemente bem, esse conceito, esta filosofia da marca, essa mulher única, natural, jovem.

Um evento exclusivo, onde as surpresas e novidades não foram só para esta nova colecção. O Damasceno, uma marca de vinhos da Quinta da Serralheira, em Palmela, apresentou-nos um vinho branco de castas Fernão Pires, Chardonnay e Verdelho, um vinho aromático, meio seco, jovem e generoso. Para nós a combinação perfeita que nos deixa expectante quanto à Reserva Tinto.

_dsc1986 _dsc2452

Incrivelmente feminina, a Natura é uma marca que nos continua a surpreender-nos pela autenticidade e personalidade, prende qualquer olhar feminimo. Estamos tão apaixonadas que quase dá vontade de chamar pelo frio!

~um chá único, um chá natura ~

Standard
GOING-NATURAL

Ganha um relógio TIMEX

A TIMEX faz 162 anos e por isso vamos oferecer um relógio.

passatempo

Weekender T2P142 | PVP 55 euros

Para participar basta:

  • Colocar like no facebook da Timex Portugal
  • Colocar like no facebook do headshake
  • Preencher o formulário em baixo

Só é permitida uma participação por e-mail.

Podes participar até dia 8 de Julho às 12h00. Os vencedores serão escolhidos aleatóriamente pelo random.org e serão posteriormente contactados pelos contactos pessoais disponibilizados.

~um chá de sorte~

Standard
GOING-NATURAL

A Timex comemora hoje 162 anos

Toda a gente sabe que a TiMEX é uma marca de relógios americana, conhecida um pouco por todo o mundo, especialmente pela sua durabilidade e pelo seu design intemporal e intergeracional.

Sempre associamos a TIMEX a uma marca com uma boa relação qualidade preço, com um estilo que vai desde o casual ao desportista, toda a gente já teve um relógio TIMEX ou já quis muito ter um.

O que nem toda a gente sabe é que a marca comemora hoje 1602 anos (Dia da Independência dos EUA). Foi fundada em 1854 e desde aí que cria modelos de relógios inovadores e de alta qualidade. São uma combinação entre o design Italiano e e a engenharia de ponta Alemã.

Timex 1

A prova disso é a nova coleção que foi apresentada no passado dia 1 de Julho no Rooftop do Amoreiras shooping, onde se juntaram vários bloggers para celebrar o aniversário da marca e conhecer os relógios mais recentes do mercado. 

A pensar em todas as idades e em todos os gostos, a TIMEX lançou várias colecões com conjugações perfeitas que juntam tecnologia e design, originalidade e equipamento de outdoor, sem perder o seu já característico design clássico, mantendo-se sempre fiel à herança da marca.

Apresentou inclusive uma coleção que permite a troca de braceletes, para que seja possível conjugar facilmente o relógio com a roupa do dia a dia.

timex 4

 A TIMEX não nos supreendeu no que toca ao design e à qualidade dos seus relógios, mas sim na forma desportiva e descontraída como se apresentou na passada Sexta-feira. Com apontamentos vintage, a TIMEX mostrou mais uma vez a sua intemporalidade e a sua facilidade de se adaptar às necessidades do seu consumidor. 

Mas as novidades não ficam por aqui, para celebrar os 162 anos da TIMEX, vamos oferecer um relógio da marca, ainda hoje, fica atento!!

timex 2

~um chá pelos 162 anos da TIMEX~

Standard
GOING-NATURAL

Receber o bom tempo com a Sun Institute

O bom tempo está, finalmente, a chegar! As temperaturas já estão razoáveis, os dias mais longos e também já sentimos vontade de usar roupinhas mais frescas. Mas um grande problema se levanta quando inicia o bom tempo…”estou super branca”, “nunca mais tenho aquele bronze bonito que faz com que qualquer trapinho me assente bem” ou “só lá para o final do Verão é que tenho bronze”. É verdade, quem tem pele muita clara percebe bem a minha dor. Por isso mesmo, chegou a Portugal uma nova marca, um novo serviço que estimula a melanina e prepara a nossa pele para o Verão. O headshake foi conhecê-lo  e ficou a saber tudo sobre este novo serviço. :)

O Sun Institute é uma marca francesa que está presente em Portugal há um ano e acredita que a Saúde e a Beleza têm de andar de mãos dadas. Por isso mesmo, e porque além de comprar o bikini adequado, o protector solar para o tipo de pele e óculos de sol, há algo que se poderá fazer, a marca apresenta o “Difusor de Bem-Estar” – uma gama de cuidados do rosto e do corpo, livre de químicos, parabenos, colorantes e derivados de origem animal. Este ativador de melanina tem na sua base 97,48% de ingredientes de origem natural, principalmente colza, beterraba, milho, aveia, soja, péptidos de arroz e proteínas de trigo e permite um bronzeado natural, alcançado pelo contacto direto com a luz do dia ou com a luz artificial. No fundo,um tratamento à base de ingredientes vegetais, que vai estimular naturalmente a sua própria melanina, obtendo um resultado muito natural e que se ajusta a cada tipo de pele.

IMG_20160604_152206

IMG_20160604_151930

É um equipamento de microbrumização, especialmente concebido para profissionais de beleza, prepara a pele para a exposição solar, contudo não substitui o protetor solar. A sua aplicação é rápida e os efeitos são visíveis poucos minutos após o término da sua realização, sendo estes evolutivos ao longo de 6 horas. O Sun revela-se, assim, um eficiente ativador da melanina que proporciona aos seus usuários um tom de bronzeamento totalmente natural, que tem ainda como vantagem a hidratação conferindo à pele uma textura extremamente suave, alisando-a e tonificando-a com o seu efeito altamente tensor. O Sun Institute está certificado pelo INFARMED garantindo, assim, a qualidade e fiabilidade do tratamento. 

Digo-vos também quais são os 3 vegetais ativos deste tratamento:

  • Um ativo alisante que suaviza e tonifica a pele.
  • Um ativo hidratante que nutre e hidrata a sua pele durante 12 horas, em substituiçãodo creme de dia, deixando a sua pele sedosa e agradável.
  • Um ativo vegetal com um efeito estimulador da melanina, pelo que vai estimular naturalmente a melanina da sua pele e deixando-o com o mesmo resultado que alcançaria ao fim de uma semana de exposição ao sol.

Por fim, digo ainda que realizei o tratamento no Zeca Azevedo Hair Advisor, em Oeiras, com a simpática Manuela Nunes. Recomendo claramente este salão :)
Por lá podem fazer este tratamento com “passaportes” especiais: 6 sessões Corpo por €120, 6 sessões Rosto por €25 e Faseado (ambos) por €50.

IMG_20160604_151631

É ou não é uma ótima opção para os dias de calor que estão para chegar? :)

~ um chá e um bronzeado saudável com Sun Instituite.

Standard
GOING-NATURAL

Ser única é ser Natura

A Natura comemora 20 anos em Portugal, tem uma nova campanha “Ser única é ser Natura”, lançou a coleção Primavera/Verão 2016 e tem pelo primeira vez uma embaixadora, a actriz Silvia Rizzo. Parecem-nos motivos mais do que suficientes para festejar e por isso não podíamos ficar de fora.

Este ano, trocamos a Praia do Meco por um lugar mais citadino. O Lançamento da coleção Primavera/Verão, foi no passado dia 20 de Abril, nas Docas de Lisboa. Um evento intimo, que juntou diferentes bloggers e várias caras conhecidas da televisão.

A nova colecção é verdadeiramente única, leva-nos numa viagem ao tribalismo e ao tropical com peças românticas, com influências tribais africanas e inspiração mediterrânica e da Amazónia. Natura está incrivelmente feminina. Surpreendeu-nos pela autenticidade e personalidade. 

Atrevemo-nos arriscar dizendo que houve uma evolução da marca e do seu posicionamento. A coleção deste ano prende qualquer olhar feminimo. Nós ficamos rendidas!

 

13095836_1331334500216022_3956535796068976507_n

Lu e Isa a ver a roupa

DSC_5941

Como feministas que somos, o que mais nos surpreendeu foi a nova campanha, incisiva e focada na mulher. Através do slogan “Ser única é ser natura” envolve um conceito muito interessante em torno do que nos define, enquanto mulher, valorizando-a, aqui as mulheres natura sentem-se únicas e especiais. Essência muito bem representada pela atriz Silvia Rizzo, com o seu espirito livre, jovem e descontraído.

Quanto ao evento em si, mais intimista, mais objectivo, num local discreto mas agradável. Bem diferente da apresentação da coleção do ano anterior mas funcional e simpático.

Que a mensagem desta nova coleção seja inspiração e reflexo de todas as Mulheres, sejam únicas, sejam naturas, deixem-se levar pela areia da praia, pelo sol e ousem com aquela túnica.

~um chá único, um chá natura ~

 

Standard
GOING-NATURAL

Happy Life Festival

Meditações coletivas, aulas de yoga, workshops de reciclagem e de confeção de comida saudável, aulas de dança e atividades de coaching, são só algumas das atividades que marcarão a primeira edição da Happy Life Festival, a decorrer na FIL (pavilhão 4) nos dias 8, 9 e 10 de Abril.

O evento é bastante prático e experimental e o conceito assenta essencialmente, sob o tema da Saúde e do bem estar: a harmonia entre o corpo e a mente, hábitos saudáveis, o desenvolvimento sustentável, a qualidade de vida e a saúde física, emocional e mental.

As atividades da Happy Life Festival serão distribuídas por 8 grandes espaço: O auditório Happy Life, o espaço Happy Zen; o auditório Happy Talk; um espaço para Show Cooking;  o espaço recycling ; o auditório Happy Action, o palco Happy Party e o espaço Happy Kids. Haverá ainda um espaço Happy Pet, destinado a adoção de cães e gatos, outro para a já conhecida Feira Da Bagageira e ainda inúmeros expositores.

Happy

José Carlos Malato, Fernanda Freitas, Ana Galvão, Gustavo Santos, Alexandre Fernandes e Andresa Salgueiro, entre outros, estarão presentes como embaixadores do evento, para a realização de várias palestras.

Um dos momentos altos do evento, será certamente o concerto de Rão Kyao no Sábado ás 21h30, no palco Happy Party, assim como a palestra do Dr. Pedro Choy sobre Medicina Chinesa e os seus benefícios, Sábado às 15h00 no auditório Happy Talk.

Os bilhetes variam entre os 5€ – Bilhete individual, 10€ – Bilhete individual para os 3 dias
e os 2,50€ se apresentar Cartão Jovem/Estudante/Sénior > 65 anos e pode comprar através da Ticketline ou direcamente na FIL.

A não perder !!!

~um chá happy e zen~

hap_ip_r

Facebook Happy Life

Site Happy Life

Standard