GOING-NATURAL

Victoria’s Secret diz: “The Perfect Body” e Lane Bryant responde: “I’m No Angel”

Em Novembro a Victoria’s Secret lançava umas das suas campanhas mais controversas.
As imagem em que manequins altas, magra e esculturais apareciam por trás da mensagem “The Perfect Body”, geraram duras criticas à marca.

 

victoriasecret

Posto isto, a marca, sem se desculpar, substituiu o nome da campanha para “A Body for Every Body”.

ht_victorias_secret_ad_mt_141106_16x9_992

Depois de toda esta algazarra, a marca de lingerie plus sieze, Lane Bryant, aproveitou o buzz e respondeu de forma criativa com uma campanha: “I’m No Angel”.

lane_bryant

Para além de lingerie em tamanho grande, esta campanha, promove o mote “redefinir o que é sexy” e incentiva todas as mulheres a gostarem do seu corpo, pois são elas que têm o poder de se tornar sexys.

http://videos.sapo.pt/URAr2w4hE3lwHpjeaUo5

Esta campanha vende um valor emocional muito forte e importante para o público-alvo da marca e, de forma inteligente, consolida a Lane Bryant no mercado.

http://www.lanebryant.com

~ Power to all women’s ~

Standard
WHAT'S UP

“Like a Girl”

O dia da mulher é quando nós queremos, por isso, pensei em prolonga-lo mais um pouco.

As campanhas que surgiram dedicadas às mulheres foram geniais e, algumas tocaram de uma maneira especial. A campanha da Procter & Gamble, “Like a Girl”, feita para a Always foi uma delas.

Aqui no headshake somos grandes fãs desta máxima da Always e já lhe demos destaque mostrando o vídeo fenomenal do intervalo do Super Bowl 2015.

Essa campanha mostrou-nos uma reflexão sobre o que é, afinal, fazer algo “como uma menina”. Lutar “como uma menina”, correr “como uma menina”,  jogar a bola “como uma menina”. Foi um sucesso absoluto e na comemoração do Dia Internacional da Mulher surge uma sequela.

A expressão “like a girl” é geralmente utilizada de uma forma depreciativa, e numa altura em que se dá maior destaque à mulher, a Always aparece com uma nova campanha em que a expressão ganha um novo significado, muito mais positivo.

A Always pretende assegurar que jovens raparigas de todo o mundo tenham confiança ao passar pela puberdade, mostrando as coisas fantásticas que podem fazer e alcançar, de modo a que essa confiança se prolongue na vida adulta.

O vídeo desta nova campanha “Always Like a Girl – Stronger Together” revela meninas e mulheres de diferentes idades, países e idiomas a mostrarem como correm, lutam, calculam e praticam desporto e, afirmam que fazem algo “like a girl”, algo que significa que conseguem atingir resultados de excelência.

Homens….se têm orgulho nas vossas mães, irmãs, primas, tias, avós, esposas, namoradas e amigas partilhem com elas este vídeo, mostrem que têm orgulho nas mulheres da vossa vida!

Mulheres…se têm orgulho em ser Mulheres vejam e partilhem este vídeo maravilho!

 ~ Shaking Like a Girl ~

Standard
WHAT'S UP

o dia da mulher e o chá da Mariana

Uff… O quanto me custa escrever sobre as mulheres, mesmo sendo eu uma. Para as perceber acho que o melhor princípio será, conhecer-me a mim própria, partindo do princípio que a instabilidade emocional é um mal comum.

Não seria justo descrever-vos pondo-me noutra pele que vos julgará com os olhos de um Homem, tenho que vos julgar com empatia… São as minhas finas mãos, de unhas vermelhas, que batem nas teclas e me fazem querer assumir tamanha sensíbilidade. É isso que partilhamos, é isso que nos define, é isso que não nos deixa ser tão pragmáticas, mas nos permite fazer com amor. É isso que nos faz genuinamente meigas, maternais e condescendentes, tanto quanto agressivas, egoístas e impulsivas. Quer queiramos quer não é isso que nos distingue do homem sensato, que vive a lógica das coisas numa postura relaxada, nós mulheres possuímos a delicadeza. E assim se equilibra o universo.

A verdade é que toda essa emotividade nos permite sermos quem quisermos, podemos escolher até, ser o homem racional. Somos sereias que furam as águas mais profundas, limitadas à terra hostil de preconceitos, somos camaleões de pestanas compridas, mutantes com perfume de pêssego, serpentes que encantam com a naturalidade das suas curvas, mas que se preservam ao abrigo do mistério.

mary

~ Mariana Cruz

      

Standard